quarta-feira, 15 de Outubro de 2014

Pintura de Azulejos :: Cozinha

Às vezes é engraçado rever posts mais antigos e perceber como o meu estilo decorativo foi evoluindo.
Reparo em decisões e compras que hoje não faria, mas aceito essas escolhas com serenidade entendendo que fazem parte de um amadurecimento pessoal e seguem uma ordem natural e que faz sentido para mim.

Uma escolha que se revelou péssima, e que eu própria denomino de épica, foi a cor dos azulejos que colocámos na cozinha há uns 6 anos. "Ah, fica divertida e uma cozinha colorida faz mais sentido e até abre o apetite." Balelas. Com o tempo começamos a odiar aquela cor porque não só chama a atenção toda para si, como não nos deixa muita margem de manobra em termos decorativos. Épico, digo-lhe. Com o tempo aprendi que se quero cor, devo adotá-la nos detalhes.


As soluções passavam por retirar todos os azulejos e aplicar uns novos, mas esse procedimento deixa restos de massa difíceis de remover, e também não queríamos mexer muito na torneira que já tem umas ligações um pouco problemáticas. Cobrir com outros materiais como o acrílico revelar-se-ia muito dispendioso. Foi então que pensámos "Vamos pintar e ver no que dá". No pior cenário, teríamos que arrancar tudo e colocar novos azulejos.

Escolhi uma tinta para azulejos da marca Titan que não requer primário. Apenas é necessário o cuidado de limpar muito bem a superfície, como de resto todos os produtos do género exigem. Lavei muito bem com água e detergente da loiça e depois passei diluente.


A tinta cobre muito bem e permite retocar mesmo passados uns minutos sem começar a «enrolar». Com apenas uma demão (sim!) oferece uma cobertura acetinada e sem marcas. O único senão desta tinta é o seu odor muito intenso, de modo que será melhor utilizá-la quando se possam abrir as janelas ( e nós tivemos azar nisso).


A cozinha parece mais ampla e luminosa, tal a diferença. Falta o balcão principal (lava-loiças e zona de preparação), e vamos aproveitar para fazer outras pinturas.




Para já, fica esta amostra da minha primeira experiência com esta tinta, pois sei que existem muitos leitores interessados em conhecer este tipo de produto e seus resultados. Estávamos um pouco céticos mas ficámos convencidos!

Boa semana!



Pin It Now!

terça-feira, 23 de Setembro de 2014

Cesto em Crochet :: Crochet Basket

Tenho uma planta que cresceu bastante e estava a precisar de mudar de vaso.
Lembrei de fazer um cesto grande em crochet para forrar o vaso em palhinha em que iria acomodá-la.


Nunca tinha feito cestos em crochet. Pesquisei um pouco no Pinterest e acabei por fazer da forma que achei melhor e com restos de trapilho de tapetes que fiz.

Usei o cesto em palhinha para me guiar quanto ao tamanho e forma, e fui experimentando ao longo do trabalho.




Aproveitei a alça de uma mala velha para fazer duas pegas laterais. Usei um furador daqueles de cintos e uma linha resistente para as aplicar.







Boa semana!

Pin It Now!

segunda-feira, 8 de Setembro de 2014

Uma Composição Diferente :: Desenho de Jovem Veado com Flores Secas

Quando vi a arte da fotógrafa Kari Herer senti-me altamente inspirada para criar algo semelhante para decorar o quarto da Diana. Fiquei deslumbrada com a delicadeza de um desenho combinado com flores.
Eu desenho umas coisas, mas o meu marido desenha muitíssimo melhor e por isso pedi-lhe para usar o seu talento e criar um jovem veado/gazela(?) que seria alvo de uma composição em tamanho A3. O desenho foi criado a partir desta fotografia.


Na arte da fotógrafa, as composições são feitas com flores frescas naturais. Eu usei flores naturais mas secas. Colhi algumas flores e folhagem durante a Primavera e sequei-as em livros durante algumas semanas. Ainda aproveitei uma flor seca deste trabalho.

Infelizmente o jasmim não resultou.

Com as flores dispostas sobre o desenho, ensaiei a melhor forma de conjugar tudo. A tarefa revelou-se complicada..., demorei dias a acertar com uma combinação que me satisfizesse. As flores secas são muito leves e delicadas. Um suspiro e lá fugia tudo do sitio.


Para um efeito mágico e especial, adicionei pequenas bolinhas douradas feitas com um punch a partir do selo de uma embalagem de café instantâneo (oh sim, eu aproveito estas coisas).




Usei uma moldura Ribba e pendurei na parede de bolinhas.
Too much? A minha filha não acha nada!




Boa semana!

Pin It Now!

terça-feira, 26 de Agosto de 2014

Uma Maleta Vintage

Há algum tempo o meu marido fez uma ligeira organização na garagem. Foi quando vi onde ele estava a guardar as lixas: numa pasta vintage Samsonite em bom estado. Sacrilégio!

Perguntei-lhe se estava demente, e de onde é que aquela maleta tão gira tinha aparecido. "Tem estado para aí" - respondeu. Ainda hoje me pergunto como é que nunca reparei nela.




A verdade é que as lixas nunca estiveram tão arrumadinhas, não senhor, mas uma pasta com umas linhas retro tão interessantes e a fazer lembrar o estilo Mad Men não poderia ficar novamente esquecida e simplesmente a guardar... lixas.

Limpei-a bem, estava em muito bom estado. Tem organizadores de interior que me levam a crer ser dos anos 60/70.
Coloquei-a na sala multimédia para servir de arrumação de comandos de televisão e de consolas, para ficarem ocultos mas à mão.




Ainda estou atónita com a descoberta e com o potencial decorativo que ela oferece. Carismático e visualmente interessante.

Boa semana!Pin It Now!